Dom Casmurro: 6 motivos para ler a obra de Machado de Assis


Veja por que essa obra clássica da literatura brasileira continua fascinando gerações

“Dom Casmurro” é uma das grandes obras de Machado de Assis “Dom Casmurro” é uma das grandes obras de Machado de Assis Imagem: mark designers | Shutterstock

Publicado em 1899, “Dom Casmurro” é uma das obras mais importantes de Machado de Assis e um clássico da literatura brasileira. Isso porque a história do livro apresenta diversas questões da sociedade do final do século 19, sendo temáticas relevantes até hoje, como hipocrisia e moralidade, patriarcado e classes sociais.

A narrativa principal gira em torno da vida de Bento Santiago, conhecido como Bentinho, e seu relacionamento ciumento com Capitolina, chamada carinhosamente de Capitu. Abaixo, confira bons motivos para ler esta obra!

1. Patrimônio cultural

“Dom Casmurro” é um patrimônio cultural do Brasil, e seu estudo e compreensão são importantes para qualquer pessoa interessada na história literária e cultural do país. Além disso, é especialmente importante para os estudantes, pois o livro é cobrado com frequência em provas de vestibulares e no Enem (Exame Nacional do Ensino Médio).

2. Narrativa intrigante

O enigma central do livro – se Capitu traiu ou não Bentinho – permanece sem resposta. Esse dilema mantém o leitor engajado e promove discussões sobre os personagens e suas motivações, tornando a leitura uma experiência ativa e envolvente.

3. Complexidade psicológica

A psicologia dos personagens, especialmente de Bentinho e Capitu, oferece um estudo profundo sobre as motivações inconscientes para as ações, as dinâmicas de poder e as consequências emocionais de decisões tomadas sob influência do ciúme e da desconfiança.

Os temas levantados em “Dom Casmurro” são atemporais Imagem: Alliance Images | Shutterstock

4. Relevância contemporânea

Apesar de ser ambientado no século 19, muitos temas e questões levantadas em “Dom Casmurro”, como influência do clero, classes sociais e posição da mulher na sociedade, são ainda relevantes atualmente, tornando a obra atemporal.

5. Estilo de linguagem

Machado de Assis é conhecido por seu estilo elegante, irônico e sofisticado de escrita. “Dom Casmurro” é um excelente exemplo de sua maestria na linguagem e no uso de técnicas narrativas avançadas, que continuam a influenciar escritores e leitores contemporâneos.

6. Múltiplos públicos

A descontração do narrador na história mostra que o livro foi escrito para todos os públicos. Combinando temas universais, narrativa intrigante e o estilo literário do autor, a obra resulta em uma experiência de leitura rica e acessível.





Fonte: Jovem Pan

Deixe comentário

Seu endereço de e-mail não será publicado. Os campos necessários são marcados com *.